Neste artigo vamos descobrir um pouco mais sobre insônia em idosos, baseado em alguns alguns estudos, verificamos que as taxas de prevalência de insônia são de 50% à 70% e foram relatadas entre indivíduos com 65 anos de idade.

E

m uma das pesquisas feita nos EUA pelo Instituto Nacional sobre Envelhecimento (NIA), constatou que 42% dos pacientes idosos relataram dificuldades com o início e a manutenção do sono. Várias doenças psiquiátricas (ansiedade ou depressão) alteram o padrão do sono. Pessoas idosas com insônia frequentemente se queixam de fadiga, alterações de humor, dificuldade de concentração e comprometimento do funcionamento diurno.

Portanto, a detecção e o tratamento precoces da insônia em idosos são muito importantes.

Outro estudo científico dessa vez em Taiwan, foi feito um estudo de observação da insônia em idosos urbanos durante um mês. Esse estudo teve como objetivo determinar a prevalência de insônia crônica  e conhecer as opiniões e atitudes desses idosos em relação à insônia e o método de tratamento que eles escolheram adotar. Dos 1.358 participantes, 41,4% preencheram os critérios para insônia, sendo as mulheres mais propensas a sofrer do que os homens.

E foi constatado que há alta prevalência de insônia com duração superior a 1 ano (60%), enquanto a insônia de 1 mês foi menos prevalente (15,7%). A prevalência de distúrbios iniciais do sono foi maior do que a dos distúrbios do sono ocorridos mais tarde da noite. Viver sozinho, doenças crônicas e estados de depressão e ansiedade são fatores que podem aumentar a correlação de insônia em idosos.

Nesse estudo, os idosos com insônia definiram estratégias diferentes para lidar com os distúrbios do sono, e o método mais comum foi a mudança de comportamento (higiene do sono) (44%). Cerca de metade dos idosos participantes optou por tratar a insônia com medicação, enquanto a outra metade optou por tratamentos alternativos. O motivo mais frequentemente relatado para não empregar medicação foi o medo de dependência (67%).

Essa outras estratégias não farmacêuticas utilizadas foram terapia cognitiva, terapia multicomponente e tratamento à base de plantas da medicina alternativa/complementar  que também mostraram ser bem-sucedidas no tratamento de distúrbios do sono em populações idosas. Adicionalmente, várias outras modalidades, como Tai Chi, acupuntura, ioga e meditação, demonstraram melhorar os parâmetros do sono.

Como sugestão o estudo chinês  afirma que cuidados médicos de nível primário e instituições de assistência à saúde devem oferecer melhor orientação educacional para a população idosa em relação a tratamentos para insônia, como a higiene do sono. A intervenção precoce para interromper o progresso dos distúrbios do sono e evitar o uso desnecessário de medicamentos sendo importante para melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas.

Medidas para “Higiene do sono”:

  • Evitar e minimize o uso de cafeína, cigarros, estimulantes, álcool e outros medicamentos
  • Se clinicamente possível, aumentar o nível de atividade à tarde ou no início da noite (não perto da hora de dormir) andando ou se exercitando ao ar livre
  • Aumentar a exposição à luz natural e à luz brilhante durante dia e madrugada
  • Evitar cochilar, principalmente depois das 14:00; limitar o cochilo a 1 soneca a menos de 30 min
  • Verificar o efeito dos medicamentos para as doenças crônicas no sono
  • Ir para a cama apenas quando estiver com sono
  • Manter a temperatura confortável no quarto
  • Minimizar a exposição à luz e ao ruído o máximo possível
  • Comer um lanche leve se estiver com fome, evitar refeições pesadas na hora de dormir
  • Limitar líquidos à noite
  • Descansar e se recolher no mesmo horário todos os dias
  • Alimentar-se e exercitar-se em horários regulares
Adotar medidas de controle do estresse como:
  • Tolerância a ocasional falta de sono
  • Discutir preocupações e eventos estressantes em um tempo muito anterior ao de ir dormir
  • Usar técnicas de relaxamento

A busca por um profissional de saúde é imprescindível para orientação adequada e para se obter melhores resultados.

Deixe um comentário